Pipoca Mais Doce Defende Anitta Após Polémica Com A Bandeira Espanhola

Pipoca Mais Doce Defende Anitta Após Polémica Com A Bandeira Espanhola

"A Pipoca Mais Doce" recorre às redes sociais para defender a cantora brasileira: 'Pelos vistos, toda a gente descobriu agora que detesta a Anitta'

Após a polémica criada em torno de Anitta depois desta ter levado para palco uma bandeira espanhola, Ana Garcia Martins, mais conhecida como 'A Pipoca Mais Doce', decidiu partilhar um texto na sua página de Instagram onde defende a cantora brasileira.

"[...] Pelos vistos, toda a gente descobriu agora que detesta a Anitta. Foi preciso ela vir ao Rock in Rio (e, vá, ter agarrado numa bandeira de Espanha) para o povo português decretar que ela é odiosa, medíocre, burra, feia, péssima artista. Credo, de onde é que nos veio esta exigência/superioridade toda assim de repente?", começou por escrever.

"A Anitta é a melhor cantora do mundo? Não. A Anitta é um fenómeno? É, e quem disser que não, só pode estar de má vontade. Estamos a falar de uma mulher com menos de 30 anos, que veio do nada, que se mata a trabalhar e que construiu um império avaliado em mais de 100 milhões de dólares. É a artista brasileira com mais reconhecimento a nível mundial e, goste-se ou não do estilo, percebe de entretenimento como poucos. E foi isso que ela entregou no Rock in Rio: um bom espetáculo de entretenimento, que pôs toda a gente a cantar, a dançar e abanar o rabo por mais de uma hora", destacou.

"Assim de repente, acho que cumpriu o que se pretende num festival destes, se eu quisesse canto lírico ia ao São Carlos. Além de que foi a única data a esgotar esta edição do RiR. Coincidências, dirão. 'Ah, e coiso, mas isto nem sequer é rock'. Filhos, corria o ano de 2004 quando eu vi Britney Spears na primeira edição do Rock in Rio, por isso há pelo menos 18 anos que isto deixou de ser só rock. Adaptou-se aos tempos e aos gostos porque, vamos lá, se fosse só rock puro e duro, quem é que punham no cartaz? Quantas grandes bandas rock contemporâneas conhecem vocês? Quanto à desilusão coletiva com a Anitta, olhem, é comer menos", acrescentou.

"Pessoalmente, acho-a um mulherão e com um percurso que, imagino, poucos conseguirão reproduzir. Fui para me divertir e diverti, não estava à espera de nada diferente daquilo que me foi servido, maneiras que… objetivo cumprido. Volta sempre, Anitta", completou.